ColunistaPostW Series

W Series realiza pré-temporada com foco na primeira corrida que será disputada na Áustria

Os testes foram realizados no País de Gales, as pilotas completaram diversas voltas no circuito como parte da sua prepração para a temporada que logo terá início

A W Series agora está rumando para o início da sua temporada, principalmente após realizar a pré-temporada no Circuito de Anglesey, localizado no País de Gales. As pilotas que vão disputar a temporada de 2021, enfrentaram cinco dias de atividade, os dois últimos contaram com chuva, algo bem típico da região.

Foi a oportunidade de elas terem um novo contato com o carro, já que não foi possível disputar a segunda temporada em 2020, por conta da pandemia de Covid-19. Mas neste ano a W Series acaba dando um salto, principalmente em visualização, pois será a categoria suporte em oito eventos da Fórmula 1.

A W Series não divulgou os tempos que cada uma das pilotas registrou na pista, mas a categoria informou que foi completado um total de 4.723 voltas e 15.918 km, nestes cinco dias de atividade. O circuito de 3.4 km, com várias ondulações foi o palco da pré-temporada, um traçado rápido, com curvas técnicas – uma boa combinação delas. Anglesey recebe outras categorias de base F3 e F4 britânica.

Este slideshow necessita de JavaScript.

LEIA MAIS: W Series marca o seu retorno em Anglesey, com os testes de pré-temporada

Como neste ano as pilotas vão correr em circuitos rigorosos, realizar os testes no País de Gales foi uma boa sacada: elas puderam trabalhar com algumas variações climáticas, o que ajuda a aprofundar os conhecimentos sobre o carro. O modelo utilizado é o: Fórmula 3, Tatuus, T-318 (Alfa Romeo).

O início da temporada da W Series está programado para o dia 26 de junho, no Circuito Red Bull Ring, Spielberg na Áustria.

LEIA MAIS: Jessica Hawkins, pilota da W Series é anunciada como embaixadora da Aston Martin na F1

O diretor de corridas da W Series, Dave Ryan disse: “Foram ótimos dias no País de Gales e conquistamos muito em um espaço de tempo relativamente curto. Os carros tiveram um bom desempenho e os poucos problemas mecânicos que tínhamos foram facilmente corrigidos – é bom experimentar essas coisas agora, pois elas nos ajudarão na preparação do melhor para o início da temporada, que é o objetivo de uma semana de teste.”

“O tempo estava tão bom no início da semana que fizemos mais quilometragem do que pensávamos que faríamos nos primeiros dois dias. Todos as pilotas estavam ansiosas para aproveitar ao máximo o tempo da pista e se esforçaram muito, pois o tempo de pista era limitado desde nossa última corrida em agosto de 2019. Houve algumas surpresas em termos de desempenho.”

Eles apostam que as condições variadas, vão deixar as pilotas ainda mais seguras quanto o seus desempenhos na Áustria, um lugar também de clima variado.

“Gostaria também de agradecer ao apoio das equipas de corrida que fizeram um trabalho fantástico, tanto na preparação para o evento como no local durante toda a semana, e lidaram com tudo o que lhes foi proposto. Não tenho nada além de elogios por seu profissionalismo. É muito bom estar entre uma grande equipe de pessoas que sabem o que é corrida e simplesmente vão em frente”, acrescentou Ryan.

Calendário da W Series 2021

26 de junho – GP da Estíria
3 de julho – GP da Áustria
17 de julho – GP da Inglaterra
31 de julho – GP da Hungria
28 de agosto – GP da Bélgica
4 de setembro – GP da Holanda
23 de outubro – GP dos Estados Unidos
30 de outubro GP do México

Escute o nosso podcast sobre Mônaco

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados