ColunistaFórmula 1Post

Toto Wolff apoia congelamento de motores para ajudar Red Bull com o projeto da Honda

A Red Bull segue analisando as possibilidades, mas a equipe não está muito inclinada a voltar ao status de cliente

Após o anúncio da saída da Honda no final de 2021, a Red Bull está buscando uma solução para se manter competitiva e conseguir uma unidade de potência que consiga continuar contribuindo com o seu desenvolvimento.

O chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff já informou que o time alemão não vai fornecer a sua unidade de potência para os rivais, no entanto ele apoia o congelamento de desenvolvimento do motor para que desta forma a Red Bull possa assumir a unidade de potência da Honda e continuar equipando os seus carros com ela.

Confira: Red Bull quer definir o motor para 2022 até o final desta temporada

A Red Bull não descartou a possibilidade de assumir o projeto da Honda para continuar equipando os seus carros, pois a outra alternativa é utilizar os motores da Renault ou persuadir a Ferrari para fornecê-lo.

No entanto, para que a Red Bull possa dar continuidade com o motor Honda é necessário congelar o desenvolvimento do motor, assim o time austríaco não se arriscaria em um programa de desenvolvimento extremamente caro.

“Bem, acho que a Fórmula 1 está em bom estado, com três fornecedores de motores… potencialmente quatro, e entendo perfeitamente de onde a Red Bull quer chegar”, disse ele.

Red Bull e AlphaTauri – Foto: Red Bull Racing

“Eles não querem voltar ao status de cliente, eles querem ser uma equipe completa, e eles têm a capacidade de se ajustar e quem sabe otimizá-lo. Talvez haja algumas coisas no projeto da Honda que estão dando a eles  a confiança de que há mais desempenho no motor. Mas acho que devemos fazer tudo para dar essa oportunidade à Red Bull”, completou Wolff.

Christian Horner já falou que o time está aberto a todas as possibilidades, incluindo o caminho mais caro, assumindo este projeto da Honda para se tornar uma equipe que realiza um trabalho completo.

 “Eu acho que para eles, voltar ao status de cliente não é algo que eles estão muito interessados, e eu realmente acredito que a Honda fez um trabalho muito bom… mas também entendo que eles não querem travar uma guerra de gastos com todos os outros no desenvolvimento de motores, portanto, é uma proposta sensata.”

O congelamento para a Mercedes não deve assustar muito, pois no grid atual ela é considerada a melhor e mais poderosa, mas resta saber se a Red Bull vai conseguir o mesmo apoio das outras equipes e poder manter este projeto.

“Gostaria de apoiá-los, acho que a Red Bull é uma marca importante para a Fórmula 1 e devemos fazer de tudo para manter as duas equipes (Red Bull e AlphaTauri) na categoria e ajudá-los na opção de ter basicamente, status de trabalho ”, concluiu.

Escute o nosso pordast 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo