ColunistaDestaquesFórmula 1

TL2 Rússia – Max Verstappen chega a liderança, superando Ferrari e Mercedes nesta sexta-feira

Max Verstappen mostrava ser a ameaça desde o primeiro treino livre realizado nesta manhã de sexta-feira (27), quando ocupou a segunda posição, separado de Leclerc por 0s082.

Nesta tarde a Ferrari dominou boa parte da sessão, mas assim que Max Verstappen teve os pneus macios instalados, o holandês assumiu a ponta, anotando 1:33:162. Charles Leclerc foi o segundo, separado por 0s335 do líder, logo atrás do monegasco veio Valtteri Bottas com 1:33:808.

As Mercedes novamente ficaram atrás, o finlandês separa por 0s646 e Lewis Hamilton por 0s798. Para Sebastian Vettel os resultados também não foram bons e para completar o top-5, a diferença para Verstappen, ficou em 1s039.

Pierre Gasly apareceu em sexto com o carro da Toro Rosso em um bom resultado para a equipe. O francês e o russo Daniil Kvyat se estranharam na pista, vivendo uma disputa semelhante à das corridas.

Para completar o grid dos dez, Sergio Pérez e Lance Stroll com a Racing Point, ficaram em sétimo e nono respectivamente, Nico Hulkenberg com a Renault foi o invasor entre os carros rosa. Alexander Albon enfrentou problemas e demorou para evoluir na sessão, chegando ao décimo lugar nos últimos minutos.

Infelizmente Verstappen e os pilotos que utilizam o motor Honda vão perder cinco posições no grid de largada neste domingo, por conta de a fornecedora de motores ter realizado uma atualização.

A Fórmula 1 retorna amanhã, às 6h pelo horário de Brasília, para a realização do terceiro treino livre.

lll Saiba como foi o Segundo Treino Livre

Na pista a temperatura estava em 30°C, com 24°C no ambiente.

Lando Norris foi o primeiro a deixar os boxes e utilizava os compostos médios e rapidamente o piloto da McLaren anotou 1:36:170. Daniil Kvyat após enfrentar problemas na primeira sessão com a bomba de combustível, começou rapidamente o programa para o TL2.

 

Diversos pilotos foram liberados para a pista e buscavam estabelecer os melhores tempos cronometrados. Apesar de mais pilotos estarem utilizando os pneus médios, ainda havia a Williams que dava preferência pelos macios, enquanto a Alfa Romeo com Kimi Raikkonen e a McLaren de Carlos Sainz, eram vistos utilizando os pneus duros.

Charles Leclerc passou a ser o primeiro colocado com 1:34:148, acompanhado por Pérez com 1:35:644 e Magnussen na terceira posição. Sebastian Vettel encontrava problemas para acertar a volta e havia travado a roda por duas vezes desde o momento em que havia instalado os compostos médios.

Foi apenas na quarta volta do composto, que o alemão da Ferrari, conseguiu encaixar 1:34:306, passando a segunda posição, com Bottas no terceiro lugar.

Restando quase dez minutos para o término da primeira meia hora, o virtual safety car foi ativo momentaneamente, por conta da placa da curva 2, que precisou ser reposicionada; ela indicava qual caminho era o mais adequado para o piloto retornar a pista e precisou ser reposta. Lewis Hamilton estava em volta rápida e abortou ela por conta da velocidade que precisava ser reduzida, no entanto pouco depois do circuito ser limpo, ele anotou 1:35:086 para se tornar o quarto colocado.

 

Com a primeira meia hora completada, as posições eram: Leclerc, Vettel, Bottas, Verstappen, Hamilton, Pérez, Magnussen, Grosjean, Hulkenberg e Albon. Entre os dez primeiros apenas Bottas havia utilizado os pneus duros.

Com oito giros no composto médio, Max Verstappen superou o finlandês da Mercedes após anotar 1:34:394, mas pouco depois foi a vez de Hamilton superar o holandês, para anotar 1:34:393.

Restando pouco mais de 52 minutos para o término da sessão, a Ferrari e outras equipes retornaram com os pneus macios instalados para a pista. Rapidamente Leclerc melhorou o seu tempo, anotando 1:35:374, conseguindo permanecer na primeira posição. Enquanto isso mais atrás Gasly passou a ser o sexto, seguido por Pérez e Raikkonen, que haviam completado uma volta rápida com os pneus macios novos. Sebastian Vettel veio pouco depois, anotando 1:34:201, separado de Leclerc por 0s704.

Max Verstappen que esteve próximo de liderar a primeira sessão de treinos livres, fechou uma excelente volta quando anotou 1:33:162, levando o carro da equipe austríaca a primeira posição no TL2. Alexander Albon era o décimo sétimo colocado, mas mesmo com 40 minutos de sessão restante, o tailandês permanecia nos boxes, enquanto a equipe trabalhava em seu carro.

Conforme a sessão seguiu seu andamento, Bottas, voltou a superar Hamilton e assim chegou a terceira posição, com 1:33:935, mas o finlandês ainda melhorou a marca para 1:33:808. Os pilotos retornaram aos boxes e as equipes começaram a preparar os carros para a simulação de corrida e assim os tempos aumentaram.

Com os pilotos entrando na última meia hora de sessão, as posições eram: Verstappen, Leclerc, Bottas, Hamilton, Vettel, Gasly, Pérez, Hulkenberg, Stroll e Norris.

Quase como se estivessem no domingo, Gasly e Kvyat disputavam espaço na pista e chegaram próximos a se tocar com a conduta no circuito.

Alexander Albon retornou para a pista com pouco mais de 15 minutos para o final, buscando encaixar uma boa volta com os pneus macios, mas após completar uma volta cronometrada, ele permaneceu na décima sétima posição.

Hamilton e Albon quase se acidentaram, pois o piloto da Toro Rosso estava andando lentamente no circuito para efetuar a recuperação de energia, após uma volta rápida, o inglês que vinha em ritmo forte quase acertou a traseira do carro do tailandês.

Alguns pilotos ainda extravasaram os limites de pista e cometeram alguns erros ao passar pela segunda curva.

Verstappen se manteve na ponta, com Leclerc na segunda posição e Bottas em terceiro. Alexander Albon conseguiu melhorar as suas marcas e subir para a décima posição, anotando 1:35:216.

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo