ColunistaFórmula 1Post

TL2 Portugal – Bottas lidera atividade que foi interrompida por duas bandeiras vermelhas

A segunda sessão foi complicada para a análise de dados, já que a atividade foi interrompida duas vezes e ainda contou com os testes da Pirelli

O TL2 não foi tão agitado quanto a primeira sessão de treinos livres, pois os primeiros trinta minutos foram dedicadas aos testes de pneus para a temporada de 2021, a Pirelli forneceu compostos que não estavam marcados, para que os pilotos fossem para a pista e realizassem a avaliação.

A sessão também foi atrapalhada por duas bandeiras vermelhas, a primeira provocada por Pierre Gasly quando o motor do seu carro apagou e começou a pegar fogo, a segunda interrupção ocorreu após a batida de Lance Stroll e Max Verstappen, que se encontraram na primeira curva, parecia realmente imagem de corrida. Os resgates dos dois carros demoraram muito tempo e desta forma atrapalharam o andamento da sessão.

Valtteri Bottas fechou o dia na ponta, o finlandês anotou 1m17s940, enquanto Max Verstappen ficou com a segunda posição, mas separado por 0s595. Nos últimos minutos do TL2 a dupla da McLaren assim como outros pilotos tentaram melhorar as suas marcas e Lando Norris assumiu a terceira posição com 1m18s743.

Charles Leclerc levou a Ferrari para as primeiras posições e conseguiu o quarto lugar, enquanto Carlos Sainz fechou em quinto com a McLaren, seguido pelo carro de Sebastian Vettel. Pierre Gasly ficou com a sétima posição, mas abandonou a sessão quando o seu carro começou a pegar fogo, após o AT01 desligar completamente.

Lewis Hamilton foi atrapalhado enquanto buscava as suas voltas rápidas e não conseguiu obter um bom tempo, desta forma a sua melhor marca levou o piloto inglês para a oitava posição com 1m19s308. Esteban Ocon ficou com o nono lugar, se recuperando após um TL1 bem complicado e Alexander Albon completou o top-10 com o décimo lugar.

Foi uma sessão inconclusiva pois os pilotos não tiveram muito tempo para testar os seus compostos regulares no circuito. Desta forma foi possível ver Russell na décima primeira posição, enquanto Pérez da Racing Point fechou em décimo primeiro. Além disso, os pilotos seguiram reclamando da falta de aderência dos compostos no circuito.

Os pilotos e equipes vão ter muito trabalho durante o TL3 que será realizado neste sábado às 7h pelo horário de Brasília.

Saiba como foi o Segundo Treino Livre

A temperatura na pista estava na casa dos 36°C, com 21°C no ambiente.

Nesta primeira metade da sessão, a Pirelli aproveitou para testar os pneus que podem ser utilizados na próxima temporada, todos os pilotos estavam com os compostos não marcados, então não era possível saber qual tipo de composto cada um estava utilizando.

A dupla da Alfa Romeo foi a primeira a registrar tempo com estes compostos, Giovinazzi tinha 1:24.753 e Raikkonen com 1:24.800. Os tempos eram os mais variados pois cada piloto estava utilizando um tipo de composto, avaliando a aderência e a durabilidade.

Sainz era visto rodando ao perder a traseira do MCL35.

Valtteri Bottas foi um dos últimos pilotos a seguir para o circuito, enquanto Hamilton era o líder com 1:22.147. Pouco depois foi a vez de Bottas anotar 1:22.024 e assumir a liderança, superando o companheiro de equipe por 0s123.

A pista estava bem cheia e desta forma os pilotos passaram a reclamar do tráfego, já que era obrigatório todos testarem os compostos. Grosjean e Pérez extravasaram os limites de pista, enquanto eles utilizavam estes compostos e Hamilton falava sobre a vibração do carro.

Com 15 minutos de atividade, alguns pilotos seguiram para os boxes, eles haviam registrado de nove a 12 voltas.

Após a conclusão da primeira meia hora, as posições eram: 1º Verstappen, 2º Bottas, 3º Leclerc, 4º Pérez, 5º Norris, 6º Hamilton, 7º Sainz, 8º Ricciardo, 9º Gasly, 10º Ocon, 11º Kvyat, 12º Albon, 13º Raikkonen, 14º Stroll, 15º Vettel, 16º Russell, 17º Giovinazzi, 18º Grosjean, 19º Magnussen e 20º Latifi.

E assim que o tempo de testes para a Pirelli acabou, rapidamente Gasly, Albon, Vettel e Russell instalaram os pneus médios para começar o seu treino regular.Vettel assumiu a liderança da sessão após anotar 1:19.936, seguido por Russell era o segundo colocado com 1:20.882. O tempo de Albon foi deletado, o piloto tinha ocupado a segunda posição.

Outros pilotos como Norris, Pérez e Sainz estavam testando os pneus duros. Aqueles pilotos que estavam com os pneus médios, ocupavam as primeiras posições e eram eles: Vettel, Gasly, Russell e Ocon. Latifi foi o primeiro a ter os pneus macios instalados.

Verstappen assumiu a primeira posição com 1:19.033, enquanto Kvyat e Vettel acabaram rodando. Ao obter os três setores roxos e utilizando os pneus macios, o finlandês da Mercedes anotou 1:17.940.

Com 45 minutos de sessão, ela foi interrompida em bandeira vermelha, Pierre Gasly viu o carro se apagar e pouco depois o motor começou a pegar fogo. A demora do resgate acabou assustando, mas o tempo seguia em regressiva.

Com menos de meia hora, a sessão foi liberada e os pilotos conseguiram retornar para o circuito. Muitos aproveitaram para utilizar os pneus macios, buscando explorar as voltas de classificação nesta última parte dedicada para as atividades.

A segunda bandeira vermelha do dia foi provocada por um toque entre Stroll e Verstappen, o holandês aproveitou o vácuo da Racing Point para conseguir mais potência, os dois estavam lado a lado até que Stroll fechou o piloto da Red Bull e os dois se tocaram na curva 1.

Restavam nove minutos quando a pista foi liberada pela segunda vez e os pilotos estavam apostando mais uma vez nos pneus macios. Poucos pilotos eram vistos com os pneus médios ou duros. Ricciardo que era o último colocado, conseguiu subir para a décima segunda posição ao anotar 1:19.987, enquanto Esteban Ocon era o nono com 1:19.496.

Carlos Sainz passou para a quarta posição após anotar 1:19.113. Bottas fechou na liderança com 1:17.940, enquanto Hamilton não conseguiu obter uma volta rápida, pois foi atrapalhado na pista e prejudicado pelas bandeiras vermelhas.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo