ColunistaDestaquesFórmula 1Post

TL2 Brasil – Sebastian Vettel puxa dobradinha da Ferrari em Interlagos, com Max Verstappen em 3°

O segundo treino livre do GP do Brasil realizado a tarde em Interlagos, contou com a pista seca, mas foi marcado durante os primeiros minutos pela batida de Robert Kubica na Curva do Sol.

A dupla de pilotos da Ferrari se consagrou na liderança da sessão, com Sebastian Vettel em primeiro, após anotar 1:09:217, acompanhado por Charles Leclerc na segunda posição, anotando 1:09:238 separado do companheiro de equipe por apenas 0s021. O monegasco teve o motor trocado para a prova, já sabendo que perderia dez posições no grid de largada, por conta da modificação efetuada pela equipe.

Max Verstappen ficou com a terceira posição, representando a Red Bull, terminando a frente de Valtteri Bottas em quarto, separado do alemão da Ferrari por 0s156 e Lewis Hamilton em quinto.

Kevin Magnussen mereceu o destaque da sessão, por ter fechado em sexto com a Haas. Daniel Ricciardo da Renault, Kimi Raikkonen com a Alfa Romeo, Alexander Albon com a Red Bull e Carlos Sainz com a McLaren completaram o top-10.

A Fórmula 1 volta para Interlagos neste Sábado ao 12h pelo horário de Brasília, para o TL3 e logo depois os carros voltam a acelerar na pista com para a definição do grid de largada.

lll Saiba como foi a segunda sessão de treinos livres

Assim que Antonio Giovinazzi deixou os boxes, a temperatura no ambiente estava na casa dos 19°C, com 23°C na pista, com o risco de chuva baixo. Nos boxes a Red Bull seguia concertando o carro de Alexander Albon.

O italiano tinha os pneus médios instalados em sua Alfa Romeo e era seguido por Lando Norris e Kimi Raikkonen que trabalhavam com os compostos duros instalados. Giovinazzi abriu a tabela de tempos, após registrar 1:11:744, mas logo depois foi superado por Valtteri Bottas com 1:10:812 e Carlos Sainz com 1:11:061.

Com menos de dez minutos a sessão foi interrompida por conta de Robert Kubica que perdeu o controle do carro e bateu forte com a Williams na curva do Sol. O carro do polonês acabou balançando ao perder a traseira e foi direto para o muro de contenção e o regime de bandeira vermelha foi instaurado no circuito.

 

Assim que o carro foi removido e a sessão liberada, os pilotos retornaram a pista novamente utilizando os pneus médios e duros, partindo para as voltas rápidas e assim Max Verstappen passou a liderança da sessão, anotando 1:10:051, acompanhado por Alexander Albon com 1:10:750. A primeira posição, passou a ser disputada principalmente com Lewis Hamilton que não tinha tempo aferido no TL1 e logo anotou 1:09:938, com Leclerc assumindo a terceira posição com 1:10:297.

Pouco depois Leclerc reagiu ao tempo estabelecido pelo inglês da Mercedes e assim cravou 1:09:820 mas Sebastian Vettel entrou no páreo, anotando 1:09:570, com Hamilton sendo empurrado para a terceira posição. O tempo seguia fechado ao entorno do autódromo, assim como vento que tomava conta do local.

A chuva que não parecia certa no começo da sessão, começou a aparecer em pequena quantidade em alguns pontos da pista, mas os pilotos aproveitaram para instalar os pneus macios e seguir os testes, buscando os pneus ideias para a disputa do domingo.

Com tráfego na pista, Hamilton encontrou Bottas andando lentamente na Junção, Kvyat extravasou os limites de pista no S do Senna e Vettel reclamou da Haas que estava a sua frente, atrapalhando a sua primeira volta de pneus macios e só anotou 1:09:217 após uma breve passagem nos boxes, superando Leclerc com 1:09:238.

Restando 30 minutos para o encerramento, as posições eram: Vettel, Leclerc, Verstappen, Bottas, Hamilton, Magnussen, Ricciardo, Raikkonen, Albon e Sainz. Com esta sequência estabelecida, os trabalhos nos boxes começaram a ser voltados para a simulação de corrida.

Pierre Gasly enfrentou problemas com o motor e teve que encostar, determinando que era o fim da sessão para ele. O virtual safety-car foi acionado, mas logo a pista foi liberada. Mas o que a Toro Rosso não contava, era com a batida de Daniil Kvyat na Junção que beteu no muro de contenção e a sessão mais uma vez a sessão era encerrada com o a bandeira vermelha em Interlagos.

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo