ColunistaDestaquesIndyPost

Tatiana Calderón disputará a temporada 2022 da Indy com a AJ Foyt

AJ Foyt confirma terceiro carro na Indy Car que será guiado pela pilota colombina Tatiana Calderón. O time já conquistou quatro vitórias nas 500 Milhas de Indianápolis

Nesta segunda-feira (17) tivemos a confirmação da próxima mulher que vai correr na Indy, a pilota Tatiana Calderón disputará a temporada 2022 com a AJ Foyt, onde ela competirá nos circuitos de mistos e de rua.

A pilota colombiana será a primeira mulher a competir pela equipe lendária que já venceu quatro vezes as 500 Milhas de Indianápolis e completou 87 anos neste último final de semana. Canderón será companheira de equipe de Dalton Kellett #4 e Kyle Kirkwood #14, confirmados anteriormente pelo time. Até o momento nenhum dos pilotos que vão compor o line-up de 2022 foram confirmados para correr nos circuitos ovais.

Com o anúncio, Calderón será a primeira mulher a competir de forma permanente na Indy desde 2013, quando Simona de Silvestro esteve guiando na categoria. Ao longo da temporada ela utilizará o número #11.

“Estou emocionada e sou muito grata a Jonathan Kendrick, a ROKiT e AJ Foyt Racing pela oportunidade de correr na Indy disse Calderon. “Desde que comecei minha carreira nos monopostos nos Estados Unidos, há 11 anos, a Indy tem sido uma referência para mim e é um sonho realizado estar no grid este ano. Mal posso esperar para chegar a São Petersburgo para a primeira corrida da temporada. Estou bem ciente do desafio à frente, mas esta é a chance de uma vida e estou ansiosa para aproveitar ao máximo.”

Tatiana Calderón participou de uma sessão de testes em julho de 2021 – Foto: reprodução AJ Floyt

No ano passado, Calderón participou de uma sessão de testes em julho realizada em Mid-Ohio, onde teve o seu primeiro contato com o carro da Indy.

Calderón passou as últimas anos competindo na Super Fórmula Japonesa, com a ThreeBond Dragon Corse, mas ela também esteve fazendo corridas de longa duração no Mundial de Endurance com a Richard Mille. Atualmente ela é pilota de testes da Alfa Romeo na Fórmula 1, função que ocupa nos últimos quatro anos.

A colombiana participou da Fórmula 2 em 2019, Fórmula Renault. Ela também competiu na GP3, Fórmula 3 europeia e F3 britânica.

A Indy é uma categoria que dá muitas oportunidades para as mulheres, Calderón será a 11ª mulher a estar no grid da categoria norte-americana.

A ROKiT está expandindo a sua parceria com a equipe, patrocinando os carros de Calderón e Kirkwood.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados