ColunistaFórmula 1Post

Sebastian Vettel segue na F1, o piloto vai guiar pela Racing Point em 2021

O alemão vai assumir a vaga em 2021, quando a equipe será conhecida como Aston Martin

Após todas as especulações e as tentativas de disfarçar os burburinhos, Sebastian Vettel foi confirmado na Racing Point para 2021, que no próximo ano na verdade será a Aston Martin.

O anúncio ocorreu nesta quinta-feira (10) horas após a confirmação da saída de Sergio Pérez da equipe. O mexicano realizou o anúncio em suas redes sociais, confirmando que após sete anos de parceria estava deixando o time, mas ainda tem a intenção de permanecer na categoria.

Confira: Sergio Pérez confirma saída da Racing Point ao final da temporada 2020

O tetracampeão mundial Sebastian Vettel poderá seguir na categoria, é uma declaração da ambição que a equipe tem de se firmar no esporte e ser competitivos. O alemão disse: “Estou feliz por finalmente compartilhar esta notícia emocionante sobre o meu futuro. Estou extremamente orgulhoso de dizer que me tornarei um piloto Aston Martin em 2021.”

“Será uma nova aventura para mim com uma empresa lendária. Fiquei impressionado com os resultados que a equipe alcançou este ano e acredito que o futuro parece ainda mais brilhante.”

“A energia e o compromisso de Lawrence [Stroll] com o esporte são inspiradores e acredito que podemos construir algo muito especial juntos. Ainda tenho muito amor pela Fórmula 1 e minha única motivação é correr na frente do grid. Fazer isso com a Aston Martin será um grande privilégio.”

Em maio a Ferrari confirmou que Sebastian Vettel não faria mais parte do time e pouco depois anunciou a contratação de Carlos Sainz. Desde então o alemão que é tetracampeão, estava buscando uma vaga para permanecer na categoria.

A possibilidade de conseguir a vaga na Racing Point parecia um pouco remota, pois Sergio Pérez tinha contrato para o próximo ano, enquanto Lance Stroll não parecia ser a “peça” a deixar a equipe. Mas na véspera do GP da Toscana tudo fez sentido, Pérez chocou ao revelar a sua saída da RP.

E o assento da Racing Point é bem cobiçado, atualmente a equipe é a quarta força do campeonato de construtores e já conta com pódio em 2020, conquistado por Lance Stroll durante o GP da Itália.

“Todos em Silverstone estão extremamente animados com esta notícia. Sebastian é um campeão comprovado e traz uma mentalidade vencedora que corresponde às nossas próprias ambições para o futuro como Aston Martin F1 Team, disse Otmar Szafnauer, CEO e chefe da equipe Racing Point.

‍”Em um sábado ou domingo à tarde, Sebastian é um dos melhores do mundo, e não consigo pensar em um piloto melhor para nos ajudar a entrar nesta nova era. Ele terá um papel significativo em levar esta equipe para a próxima nível”, completou.

A expectativa é grande com a contratação do alemão, que deve ter uma temporada bem intensa no próximo ano e provavelmente bem diferente do que está ocorrendo com ele neste momento com a Ferrari.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo