ColunistaFórmula 1

Primeiro e segundo treino livre – GP da China

@F1

Antes mesmo do primeiro treino livre começar, já chovia muito em Xangai, sede do segundo Grande Prêmio a ser realizado, durante esse final de semana. A chuva deu uma trégua no autódromo, mas com ela uma forte neblina se alastrou pela cidade, tornando impossível a visibilidade e teto para o helicóptero médico que deveria sobrevoar a pista. Mesmo dando para contar nos dedos os números de interrupções da sessão, foram períodos longos e que proporcionaram poucas voltas, para alguns pilotos. Ferrari e Force India, nem foram capazes de marcar alguma volta com tempo, e os demais pilotos que enfrentaram a saída dos boxes, não marcaram tempos relevantes. Max Verstappen da Red Bull Racing ficou com o primeiro tempo de 1:50:491 com pneus intermediários de chuva (faixa verde), conseguindo dar apenas 4 voltas com os compostos. Realmente esse treino não é capaz de deixar nenhuma conclusão, até porque os erros, e a perda de controle dos carros, aconteceram devido a aquaplanagem e a dificuldade dos pneus de conseguirem encontrar aderência com o asfalto, que está um verdadeiro limo, chamada de pista verde pela própria Pirelli. Um grande problema vai ser acertar na escolha dos jogos de pneus, tanto para os treinos, quanto para a própria corrida, que muito provavelmente vai ser realizada debaixo de chuva.

@F1

O segundo treino livre não foi se quer realizado, a forte neblina não havia se dissipado e associada a poluição da cidade, acabou impedindo o vôo do helicóptero de resgate novamente. Alguns pediram para antecipar a corrida para sábado, onde as condições climáticas se mostram mais favoráveis, mas com o “jogo” de contratos da Fórmula 1 é praticamente impossível de acontecer, a prova pode ser adiada até o limite possível e ser realizada atrás de um safety car, nem que seja apenas para ver uma bandeira quadriculada. Se equipes como a Red Bull Racing tinham a esperança de ver como o circuito, iria reagir com as ultrapassagens, elas nesse momento podem ser esquecidas, e agora a culpa não é dos carros maiores e dos pneus com mais durabilidade.

boletimdopaddock.com.br/preview-pirelli-grande-premio-da-china-de-formula-1-de-2017/7063

https://twitter.com/F1/status/850261981596495872

https://twitter.com/F1/status/850256451339550721

https://twitter.com/F1/status/850243192297410562

Fonte: @F1
Fonte: @F1naGlobo
Fonte: @f1fanatic_co_uk
Fonte: @Twitter
Fonte: @Twitter
Fonte: @Twitter
Fonte: @F1naGlobo

 

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo