ColunistaDestaquesIndyNascarPit-Stop DropsPostUS Route

Pit-Stop Drops: Alex Bowman domina as ações em Fontana

Bowman venceu com folga em Fontana (Meg Oliphant | Getty Images)

Em uma atuação soberana, Alex Bowman conquistou sua segunda vitória na NASCAR Cup Series neste domingo (1) no oval de Fontana, na Califórnia. O piloto da Hendrick sempre esteve nas cabeças desde o começo da prova e, mesmo nas relargadas movimentadas, o piloto do Chevrolet Camaro número 88 conseguia se manter em posição de destaque. Na parte final, contou com um desempenho avassalador e a falta de sorte dos seus rivais para obter o primeiro triunfo no ano.

As maiores ameaças de Bowman ao longo da prova foram seu companheiro de equipe Jimmie Johnson (que recebeu muitas homenagens no começo da prova, em lembrança ao seu ano de despedida da categoria), além de Ryan Blaney, da Penske e Martin Truex Jr, da Joe Gibbs. No entanto, todos estes tiveram problemas na parte final da prova.

 

Johnson era o que teve o ritmo menos consistente e sofreu muito com o desgaste dos pneus, perdendo rendimento e terminando em sétimo. Já Truex mostrou força com uma grande recuperação, após largar em último por punição, e foi uma ameaça até a última parada, quando um dos mecânicos machucou o braço durante a troca de pneus, atrasando o piloto da Gibbs, que acabou em 14º.

Mas a queda mais dolorosa foi a Blaney, o piloto da Penske foi o que andou mais próximo de Bowman e chegou a vencer o segundo segmento (O corredor da Hendrick venceu o primeiro estágio), mas, faltando três voltas para o fim, o Ford Mustang número 12 teve um pneu furado, forçando a um pit-stop, arruinando suas chances.

Sem ter nada a ver com os azares dos seus rivais, Bowman foi o mais eficiente e venceu com mais de 10 segundos de vantagem para o segundo colocado, Kyle Busch, da Gibbs, seguido por seu irmão Kurt Busch, da Ganassi. Chase Elliott (Hendrick) e Brad Keselowski (Penske) completaram o top 5.

lll Xfinity Series: Harrison Burton vence duelo frenético e entra para a história

Em uma rara corrida realizada em um dia 29 de fevereiro, Harrison Burton aproveito a oportunidade para se redimir e conquistar a sua primeira vitória em uma divisão nacional da NASCAR, o piloto da Joe Gibbs teve que segurar o companheiro de equipe, Riley Herbst, além de Austin Cindric, da Penske, para conquistar um resultado redentor, já que Burton não havia vencido nenhuma corrida em 2019 na Truck Series e mudou-se para a Xfinity sob muitas dúvidas.

Em final apertado, Burton espantou a zica (Meg Oliphant | Getty Images)

Os pilotos da Gibbs estiveram desde o começo em destaque na prova. O primeiro foi Brandon Jones, que fez a pole e venceu os dois primeiros segmentos. No entanto, Jones teve um pneu furado em uma das relargadas e bateu no muro, ficando sem chances de um bom resultado.

Após uma sequência de quatro bandeira amarelas no último estágio, Burton assumiu a ponta após boas largadas e um bom trabalho de boxes. O filho do ex-piloto Jeff Burton (famoso corredor da NASCAR nos anos 1990) teve a corrida sob controle até perto do fim, quando Herbst e Cindric foram se aproximando nas voltas finais. Apesar do ataque final do próprio companheiro de equipe, Burton consegui se manter e venceu com uma margem de apenas 642 milésimos de segundo entre os três primeiros colocados.

lll Indycar Series: Grid quase completo

Grid para St. Petersburg deve ter em torno de 24 carros (Chris Owens/Indycar)

Faltam menos de duas semanas para começar a temporada 2020 da Indycar Series. Até o presente momento, temos 24 carros confirmados para realizar a temporada completa e 30 para participar das 500 milhas de Indianápolis em 24 de maio.

Para a abertura, em St. Petersburg (Flórida), a única dúvida fica na presença de um segundo carro da Carlin, que pode ser este o único com a presença de um brasileiro no grid, já que Felipe Nasr e Sérgio Sette Câmara realizaram testes pela escuderia e podem pintar no bólido da escuderia inglesa, caso tenham condições.

Para a prova mais tradicional de monopostos dos Estados Unidos (quiçá do mundo), a última semana teve duas novidades: a confirmação de Fernando Alonso, que vai tentar mais uma vez pela McLaren, agora com a equipe de Woking tendo absorvido a estrutura da Schimidt-Peterson Automotive; e a presença da novata Citrone-Buhl, que terá apoio da Rahal-Letterman na prova e confirmou o americano Spencer Pigot para o seu carro.

May 26, 2019, Indianapolis, Indiana, USA
©2019, Porterimage USA

lll Assim está o grid da Indy por enquanto:

Nome da equipe (motor) nº – Nome do piloto (país) – em negrito, quem participará da temporada completa

  • J. Foyt Enterprises (Chevrolet)

4.: Charlie Kimball (EUA)

14.: Sebastien Bourdais (FRA) (Corre em St. Petersburg, Alabama, Long Beach e Portland)

14.: Tony Kanaan (BRA) (Corre Indy 500, Texas, Richmond, Iowa e St. Louis)

TBA-Dalton Kellett (CAN) (Corre com o 14 em Austin, GP de Indianápolis, Detroit, Elkhart Lake, Toronto, Mid-Ohio e Laguna Seca, além da Indy 500 com outro número)

  • Andretti Autosport (Honda)

26.: Zach Veach (EUA)

27.: Alexander Rossi (EUA)

28.: Ryan Hunter-Reay (EUA)

29.: James Hinchcliffe (CAN) (apenas Indy 500)

  • Andretti Harding Steinbrenner Autosport (Honda)

88.: Colton Herta (EUA)

  • Andretti Herta Autosport with Marco Andretti & Curb-Agajanian (Honda)

98.: Marco Andretti (EUA)

  • Arrow McLaren SP (Chevrolet)

5.: Pato O’Ward (MEX)

7.: Oliver Askew (EUA)

66.: Fernando Alonso (ESP) (apenas Indy 500)

  • Carlin (Chevrolet)

31.: TBA (carro ainda não confirmado)

59.: Max Chilton (EUA) (apenas mistos e Indy 500)

  • Chip Ganassi Racing (Honda)

8.: Marcus Ericsson (SUE)

9.: Scott Dixon (NZL)

10.: Félix Rosenqvist (SUE)

  • Dale Coyne with Team Goh (Honda)

55.: Álex Palou (ESP)

  • Dale Coyne Racing with Vasser-Sullivan (Honda)

18.: Santino Ferrucci (EUA)

  • Dreyer & Reinbold Racing (Chevrolet)

24.: Sage Karam (EUA) (apenas Indy 500)

  • Ed Carpenter Racing (Chevrolet)

20.: Ed Carpenter (EUA) (corre Indy 500, Texas, Richmond, Iowa e St. Louis)

TBA-Conor Daly (EUA) (Corre com o 20 nos mistos a Indy 500 com número a ser anunciado)

21.: Rinus Veekay (LUX)

  • Meyer Shank Racing (Honda)

60.: Jack Harvey (GBR)

  • Rahal Letterman Lanigan Racing (Honda)

15.: Graham Rahal (EUA)

30.: Takuma Sato (JPN)

  • Rahal Letterman Lanigan Racing with Citrone/Buhl Autosport (Honda)

TBA-Spencer Pigot (EUA)

  • Team Penske (Chevrolet)

1.: Josef Newgarden (EUA)

2.: Scott McLaughlin (NZL) (apenas GP de Indianápolis, por enquanto)

3.: Hélio Castroneves (BRA) (apenas Indy 500)

12.: Will Power (AUS)

22.: Simon Pagenaud (FRA)

Fontes: NASACR.com e IndyCar.com

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo