Post

Pirelli: Estatísticas e estratégias, o que rolou no GP da Espanha

Os compostos eram a grande preocupação do fim de semana, mas no fim, teve piloto completando 36 voltas com os macios

A questão sobre os pneus vem se intensificando a cada rodada, principalmente por conta do verão europeu. É uma preocupação geral para todos os times, justamente por optarem muitas vezes pela realização de apenas um pit-stop.

No entanto, a Pirelli manteve a mesma goma que foi utilizada no GP de 2019, a opção mais dura era a ideal para o circuito, mas com as altas temperaturas por conta da época diferente do ano em que a prova foi realizada, não se sabia com exatidão o seu comportamento.

As estratégias

A Mercedes realizou uma prova com duas paradas, os dez primeiros colocados na largada começaram a prova utilizando os pneus macios. Max Verstappen que cruzou a linha de chegada na segunda posição adotou a mesma estratégia do inglês – macio – médio – médio.

Tivemos pilotos que foram mais ousados, aqueles que optaram por realizar uma corrida com apenas uma parada – Sergio Pérez da Racing Point, Sebastian Vettel da Ferrari e Daniel Ricciardo com a Renault. Mas, apenas dois deles terminaram na zona de pontuação.

Albon foi o único piloto a utilizar os pneus duros na corrida, mas o tailandês não teve aderência com os compostos, desta forma a Red Bull optou por uma estratégia diferente para Verstappen.

Pit-Stop de cada piloto no GP da Espanha - Foto: Pirelli
Pit-Stop de cada piloto no GP da Espanha – Foto: Pirelli

Como foi o comportamento de cada composto

Duros: Utilizado apenas por Albon – Durante os treinos livres os pilotos reclamaram bastante sobre a aderência no circuito da Catalunha em comparação aos outros pneus da gama.

Médios: Eles conseguiram ter uma boa duração e foram escolhidos principalmente para a parte intermediária da prova.

Macios: Utilizado pelos dez primeiros, mas foi a grande aposta para o início da prova e mesmo com as temperaturas elevadas, vários pilotos persistiram com ele na estratégia adotada, completando até mais voltas do que era recomendado.

Os melhores tempos com cada composto e o número de voltas completadas

As melhores voltas e os pilotos que permaneceram mais tempo com cada composto – Foto: Pirelli

Escute o episódio sobre o GP da Espanha! 

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo