ColunistaFórmula 1Post

Pirelli aposta em compostos mais macios para o GP da Rússia

Por conta do asfalto pouco abrasivo de Sochi, a Pirelli pode investir em compostos diferentes dos utilizados em 2019 para o GP da Rússia

Os parâmetros para o GP da Rússia vão ser diferentes nesta temporada pois a Pirelli optou pela utilização de outros compostos para 2020. A escolha de uma gama diferente está ligada diretamente ao asfalto que é encontrado em Sochi, pois ele é bem liso e pouco abrasivo.

Em 2014 a dupla da Mercedes conseguiu conservar tanto os pneus, que poderiam ter terminado a prova utilizando apenas um composto. O asfalto segue seu processo de maturação, desta forma as condições encontradas atualmente não são as mesmas de 2014, ele é um pouco mais áspero, mas ainda permite com que a Pirelli possa investir em uma goma mais macia para a disputa.

Desta forma os pilotos vão utilizar o C3 (Duro – Faixa Branca), C4 (Médio – Faixa Amarela) e C5 (Macio – Faixa Vermelha).

Escolhas da Pirelli para o GP da Rússia

O clima não costuma contribuir para altas temperaturas, além disso as curvas em Sochi não proporcionam tantos dados aos pneus. A curva 3 é a mais exigente e a exceção do circuito, que lembra muito a curva 8 do circuito de Istambul na Turquia.

Uma parada deve ser mais que suficiente para a corrida, além disso, a escolha pode facilitar na quebra dos recordes da pista. Está é a primeira vez no ano que a Pirelli aposta da escolha dos pneus mais macios da gama e a mesma configuração só será vista em Abu Dhabi.

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados