365 dias

Helio Castro Neves Raiz

Série 365: Helio Castro Neves Raiz - Vitória na Indy Lights - 1997 - 01ª Temporada: dia 362 de 365 dias.

Chegamos a última semana do BP 365 e com essa conquista, resolvi trazer um post sobre Indy, sobre um brasileiro e uma categoria que eu tenho hoje, apego nível fazer um podcast sobre (sim, o Fim do Grid tem a divisão IndyCar.)

Talvez alguns não saibam, mas a Indy Lights é a categoria de acesso a IndyCar Series, como se fosse uma Formula 2, ou um Brasileiro de Marcas, onde os pilotos que se destacam “sobem” de competição.

Em 1997, eu tinha 6 anos de idade e o Fernando ainda não era nascido, a Débora Talvez. (me senti com 99 anos agora kkk)

Enquanto eu me quebrava na escola e dançava Ballet de tutu rosa, Helio Castroneves já estava competindo a Indy Lights, e se destacando.

O “Dixie Crystals Grand Prix” aconteceu em 18 de maio, em Savanah, na Georgia. A Georgia é o estado onde nasceu o Ray Charles (dispensa apresentações) e a Dakota Fanning (Menina chiliquenta do filme “Guerra dos mundos” e a pequena mulher de “Grande Menina, Pequena Mulher”)

A Tasman era a equipe em que o brasileiro corria e seu companheiro de equipe (e rival pois os dois saíram na primeira fila) era ninguém menos que Tony Kanaan.

Tony e Helio

Ainda na volta de formação, algum piloto no Fim do grid acabou perdendo uma asa dianteira, mas como estamos falando de corridas raiz, foi bandeira verde, com a pista suja mesmo.

Nas voltas iniciais, um nome também conhecido, Cristiano da Mata, encontrou as pelotas de feno ao lado da pista, levando com ele Robby Unser, e abandonando a corrida. Durante a bandeira amarela deste acidente, Osvaldo Negri Jr, também brasileiro, recebeu uma bandeira preta por praticar uma ultrapassagem neste momento.

As corridas da Indy Lights eram curtinhas e Helio CastroNeves estava em tanta vantagem, que dá pra notar que “esquecem dele”na transmissão. A corrida acabou em uma segunda bandeira amarela, onde dois pilotos colidiram e ocasionaram até um safety car.

Helio venceu esta corrida sem se envolver em nenhum acidente e com uma vantagem imensa dele para o segundo lugar.

<

p style=”text-align: justify;”>Deixo pra vocês, o link da corrida, pra vocês curtirem a nostalgia que eu curti: Dixie Crystals Grand Prix

Mostrar mais

Erika Prado

Mechanical engineer - product development/data aquisition - podcaster at @daerodinamica Fundadora do @girlslikeracingbr

Artigos relacionados