ColunistaDestaquesFórmula EPost

Giovinazzi e Sette Câmara são confirmados pela Dragon para disputar temporada 2022 da Fórmula E

Depois de deixar a Fórmula 1, Giovinazzi forma dupla com Sette Câmara para disputar a temporada 2022 da Fórmula E. Dragon está animada com a dupla do próximo ano

No mesmo dia em que a Alfa Romeo confirmou a saída de Antonio Giovinazzi do time e a contratação de Guanyu Zhou, a equipe Dragon na Fórmula E informou que o piloto italiano está se juntando ao time para disputar a 8ª temporada da categoria elétrica. Giovinazzi será companheiro do brasileiro Sérgio Sette Câmara.

O anúncio da Alfa Romeo estava marcado para está manhã e não deu tempo de especular o futuro do italiano, pois pouco tempo depois a equipe elétrica de Los Angeles informou o destino do italiano.

LEIA MAIS: Alfa Romeo confirma a saída de Giovinazzi e a contratação de Guanyu Zhou para a temporada 2022 da F1

“A Dragon tem o prazer de anunciar a contratação de Antonio Giovinazzi, para competir com a equipe durante a 8ª Temporada do Campeonato Mundial da Fórmula E.”

“Antonio está entre os pilotos mais talentosos do mundo, e estou muito orgulhoso de ter ele em nossa equipe”, afirmou Jay Penske, o chefe de equipe da Dragon. “Com Antonio e Sergio, temos a sorte de agora ter o que acredito ser uma das melhores duplas da Fórmula E.”

Depois de três anos disputando na Fórmula 1 com a Alfa Romeo, o italiano está migrando para um outra categoria que é bem competitiva e animadora. Giovinazzi está um pouco familiarizado com os carros elétricos, pois participou de uma sessão de testes da Fórmula E em 2018 realizados em Marrakesh com a Envision Virgin, dá seguimento a sua carreira disputando com os carros elétricos.

“Afirmou o piloto italiano: “Mal posso esperar para testar o meu novo carro em Valência no final do mês. Temos um ano emocionante pela frente, farei o máximo para ajudar a equipe a ter sucesso!”

Antonio Giovinazzi realizou um teste da Fórmula E com a Virgin em 2018 – Foto: reprodução Fórmula E

Depois de estrear na F1 com a Sauber em 2017, substituindo Pascal Wehrlein nas duas primeiras etapas, Giovinazzi foi contratado pela Alfa Romeo em 2019. Piloto da Academia Ferrari, Giovinazzi participou de vários testes que fizeram parte da sua preparação. O seu melhor resultado em corrida foi durante o GP do Brasil de 2019, quando terminou na 5ª posição.

Alejandro Agag co-fundador e presidente da Fórmula E pode ter influenciado em mais uma contratação de um piloto da Fórmula 1, para a categoria elétrica. O italiano também esteve conversando com Agag e Alberto Longo durante o GP do Brasil.

O brasileiro Sérgio Sette Câmara terá a oportunidade de guiar mais uma vez na Fórmula E, dando continuidade ao projeto que foi iniciado na temporada 2020-21 da categoria elétrica. Câmara esteve presente no Festival de Berlim da temporada 2019-20, quando teve os laços estreitados com a Dragon.

“Estou muito feliz e orgulhoso por continuar com o Dragon na durante a 8ª temporada. A Fórmula E é um dos campeonatos mais competitivos do mundo e darei o meu melhor em cada corrida para obter os resultados que a equipe merece. Estou determinado a voltar forte!”, disse Câmara após ser confirmado pela Dragon.

A Dragon havia confirmado a presença de Câmara no grid da Fórmula E na segunda-feira, mas deu ênfase a equipe da próxima temporada. Os testes de pré-temporada estão marcados para o final de novembro, a dupla participará da sessão.

A equipe não é a mais competitiva no grid, mas eles estão trabalhando para evoluir o equipamento e obter resultados melhores.

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados