ColunistaFórmula 2Post

F2: Felipe Drugovich conquista vitória na Sprint Race

Nobuharu Matsushita conquistou 17 posições para vencer a primeira corrida disputada em Barcelona

O fim de semana em Barcelona contou com vitória brasileira, Felipe Drugovich venceu a Sprint Race disputada neste domingo.  O piloto conquistou mais um resultado positivo e vem impressionando na Fórmula 2.

A primeira prova disputada no sábado contou com vitória de Nobuharu Matsushita, mas Drugovich havia largado da quarta posição.

Primeira Corrida

Nobuhara Matsushita da MP Motorsport é o primeiro colocado, acompanhado por Robert Shwartzman da PREMA e Guanyu Zhou da UNI-Virtuosi Racing na terceira posição – Foto: Fórmula 2

A prova foi marcada pela entra do Safety Car, que precisou ser acionado em três momentos, a primeira foi no início da prova, quando Marcus Armstrong rodou sozinho e ficou parado na brita; o segundo momento foi depois da volta 26, Giuliano Alesi rodou após ser tocado e ficou na pista. A terceira, ocorreu próximo ao encerramento da prova, quando Roy Nissany perdeu o carro e parou na barreira de pneus.

O japonês da MP Motorsport superou Yuki Tsunoda na volta 32 e segurou Robert Shwartzman até a última relargada para vencer a corrida. O que interessante, já que em grande parte da corrida, Callum Ilott que largou da pole, dava a entender que conquistaria a vitória e ampliaria a liderança do campeonato.

O Safety Car auxiliou algumas equipes a tomarem a decisão de parar mais uma vez, mas durante a relargada com os pneus frios, os pilotos se tornaram um alvo fácil na pista. Ilott fechou a corrida na quinta posição, enquanto o pódio contou com Matsushita, Shwartzman e Guanyu Zhou, que havia largado da sexta posição. O vencedor conquistou 17 posições.

A estratégia para Felipe Drugovich não deu certo, a MP Motorsport chamou o piloto para os boxes, uma volta após o segundo regime de bandeira amarela, o piloto que era o líder da corrida caiu para a nona posição, terminando em sétimo.

Pedro Piquet e o companheiro de equipe foram punidos por infração durante o Safety Car, enquanto Guilherme Samaia terminou em décimo sexto com a Campos Racing.

Sprint Race

Felipe Drugovich da MP Motorsport venceu a prova, seguido por Luca Ghiotto do Hitech Grand Prix e o terceiro lugar, ficou com Mick Schumacher, piloto da PREMA Racing – Foto: Fórmula 2

A segunda prova disputada na Espanha, contou com o grid invertido, desta forma Drugovich largou da segunda posição, logo atrás de Luca Ghiotto. Após a largada o brasileiro assumiu a primeira posição e não encontrou resistência para vencer a prova.

Os pilotos mais experientes lidaram com o desgaste dos pneus, mas Felipe encontrou a melhor forma para conservá-los e venceu com uma distância confortável que passava dos 9 segundos para o Guiotto.

Mick Schumacher ficou com a terceira posição, com o carro da Prema, as três primeiras posições foram mantidas.

Pedro Piquet conquistou os primeiros pontos da temporada, após cruzar a linha de chegada na oitava posição.

Após a sexta etapa, a liderança segue com Callum Ilott que somou 121 pontos, acompanhado por Robert Shwartzman que tem 103, enquanto Christian Lundgaard tem 87 pontos. Drugovich vai a 67 pontos e é o oitavo.

Saiba como ficou a classificação dos dez primeiros 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados