ColunistaPostStock Car

Diego Nunes confirma vitória na segunda corrida da Stock Car, com Rossi em segundo

Grande final de semana na Stock Car, Nunes te,

A segunda corrida no Velo Città foi bem movimentada e contou com vitória de Diego Nunes, o piloto da Blau Motorsport largou da pole por conta do grid invertido, mas vale ressaltar que o time estava andando forte desde o início do fim de semana. A vitória marca a segunda conquista do Chevrolet Cruze na primeira posição neste fim de semana.

O final da prova contou com uma disputa intensa entre Ricardo Maurício e Matias Rossi, o piloto da Eurofarma RC acionou o botão de ultrapassagem nos últimos instantes e quase conseguiu conquistar a segunda posição. No entanto o piloto argentino conseguiu se manter na segunda posição.

Ricardo Zonta ficou com a quarta posição com a RCM Motosport, acompanhado por Rubens Barrichello que conseguiu realizar uma boa segunda corrida com a Full Time Sports. Bruno Baptista foi o sexto colocado com a RCM Motosport. Gabriel Casagrande fechou o fim de semana como o maior pontuador da rodada, após fechar na sétima posição.

Thiago Camilo foi o oitavo colocado com a Ipiranga Racing, o piloto precisou remar o grid para conseguir este resultado. Átila Abreu foi o nono colocado com a Shell V-Power e Rafael Suzuki completou o top-10 com a décima posição.

No campeonato é possível ver Cesar Ramos que permanece na liderança somando 172 pontos, seguido por Ricardo Zonta com 158, Ricardo Maurício com 156 e Thiago Camilo e Rubens Barrichello com 148 pontos cada.

Saiba como foi a segunda corrida da sétima etapa da Stock Car

Os pilotos que conquistaram o Fun Push neste fim de semana

Por conta do grid invertido, Diego Nunes largou da ponta, acompanhado por Daniel Serra, Matias Rossi, Nelson Piquet Jr, Guilherme Salas, Marcos Gomes, Cesar Ramos, Allam Khodair, Gabriel Casagrande e Julio Campos.

Nunes conseguia manter a primeira posição, mas a grande disputa ocorria entre Rossi, Salas e Piquet Jr, pois o piloto da Full Time Bassani foi ultrapassado pelo piloto da KTF Sports.

Campos abandonou a corrida, após ter conquistado a vitória da primeira corrida. O carro apresentou problemas após a largada.

Os botões de ultrapassagem já eram acionados.

Bueno que era décimo passou a ser ultrapassado pelos outros competidores, quando começou a ficar lento na pista. Barrichello conseguiu realizar uma ultrapassagem dupla e assumiu a décima segunda posição remando para conquistar bons pontos na segunda corrida.

Osman acabou batendo em Rafael Suzuki que rodou e caiu para a vigésima primeira posição, após ocupar o décimo sexto lugar.

Com nove minutos de prova, Serra e Gaetano di Mauro abandonaram a corrida. Desta forma Rossi assumiu a segunda posição, com Salas em terceiro. Barrichello já era o décimo colocado e estava focado nesta segunda corrida, por conta da sua estratégia traçada durante as paradas.

Os boxes foram abertos na oitava volta. Mas antes dos pilotos partirem para as suas paradas, Piquet seguia pressionando Salas na disputa pela terceira posição.

Enquanto o meio do pelotão começou a realizar as suas paradas, os líderes permaneceram um pouco mais de tempo no circuito do Velo Città. Barrichello teve uma parada bem rápida, comemorada pelos seus mecânicos.

Após todas as paradas, os dez primeiros eram: Nunes, Rossi, Mauricio, Zonta, Barrichello, Casagrande, Baptista, Piquet Jr, Salas e Ramos. Nunes conseguiu se manter na ponta, acompanhado pelo argentino que se encaminhava para o seu primeiro pódio.

Na volta 16 Camilo já era o décimo colocado, após ter um início de fim de semana complicado.

Nunes garantiu a segunda vitória do Cruze neste domingo. Em disputa intensa, Rossi quase perdeu a segunda posição para Ricardo Maurício. 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo