ColunistaNascarPost

Com manobra polêmica, Joey Logano vence a etapa de Darlington

Piloto da Penske mandou o carro de William Byron no muro para assumir a ponta na volta final e vencer oficialmente pela primeira vez no ano

Joey Logano fez as pazes com a vitória com uma manobra bastante controversa, mas permitida pela NASCAR (Emilee Chinn/Getty Images)

Na prova marcada pelos carros com pinturas remetendo às pinturas do passado, a definição da etapa de Darlington ficará marcada na história da NASCAR Cup Series mais uma vez. William Byron liderava até pouco antes da última volta, mas Joey Logano não teve paciência e mandou o piloto da Hendrick para o muro para tomar a liderança e vencer pela primeira vez em 2022 de forma oficial.

A corrida em Darlington, um dos palcos mais tradicionais da NASCAR, foi bastante problemática para muitos dos favoritos. Atual campeão da Cup Series, Kyle Larson abandonou a disputa ainda no primeiro estágio após ter problemas de motor.

Outro que viu sua corrida acabar cedo foi Kyle Busch, que acabou levando um toque na rodada de Brad Keselowski e teve a suspensão quebrada, ficando com o carro parado no meio dos boxes.

Em busca de sua terceira vitória no ano, Ross Chastain tinha um ritmo competitivo, chegando a vencer o segundo estágio, mas o piloto da Trackhouse rodou em uma das relargadas e acertou o muro.

Na parte final, Martin Truex Jr se atrapalhou e acabou rodando, provocando um acidente múltiplo, envolvendo outros oito carros, com nomes como Chase Elliott, Denny Hamlin, Kurt Busch, Bubba Wallace e Erik Jones sendo afetados.

Na parte final da prova, três carros se destacaram na frente: William Byron, Joey Logano e Tyler Reddick, com o piloto da Hendrick buscando a terceira vitória no ano, enquanto seus rivais corriam atrás do primeiro triunfo no ano.

Byron até abriu boa vantagem, mas Logano e Reddick foram descontando a vantagem pouco a pouco, com o piloto da Penske sendo mais insinuante. Na penúltima volta, o campeão de 2018 já estava com o rival na mira para a manobra decisiva.

Ao chegarem na última curva do circuito, Logano não hesitou e mandou o carro de Byron para o muro. O carro 24 ficou bem danificado e o piloto da Hendrick se arrastou na última volta, terminando só em 13º. Lá na frente, Tyler Reddick até tentou chegar, mas o piloto da Penske manteve a vantagem e garantiu o triunfo.

Enquanto Logano celebrava a vitória, mesmo com algumas vaias por parte do público, Byron e os representantes da Hendrick não deixaram lamentar o incidente final, com o piloto do 24 chamando o rival de “idiota” na entrevista após a corrida.

De qualquer forma, a vitória de Logano segue sendo válida, uma vez que o regulamento da NASCAR não pune pilotos por manobras deste tipo neste contexto. Assim o piloto da Penske é o décimo vencedor diferente neste ano.

A próxima corrida da NASCAR Cup Series será no próximo domingo, no circuito oval do Kansas.

Top-10 da etapa de Darlington:

1 – Joey Logano (Penske/Ford)
2 – Tyler Reddick (Richard Childress/Chevrolet)
3 – Justin Haley (Kaulig/Chevrolet)
4 – Kevin Harvick (Stewart-Haas/Ford)
5 – Chase Elliott (Hendrick/Chevrolet)
6 – Christopher Bell (Joe Gibbs/Toyota)
7 – Michael McDowell (Front Row/Ford)
8 – Ricky Stenhouse Jr (JTG Daugherty/Chevrolet)
9 – Austin Dillon (Richard Childress/Chevrolet)
10 – Daniel Suarez (Trackhouse/Chevrolet)

Campeonato após 13 de 26 etapas:

Classificados por vitórias: William Byron e Ross Chastain (2); Chase Elliott, Joey Logano, Kyle Busch, Alex Bowman, Kyle Larson, Chase Briscoe, Austin Cindric e Denny Hamlin

Classificação por pontos (diferença em relação à zona de corte):

Ryan Blaney +102
Martin Truex Jr +78
Christopher Bell +41
Kevin Harvick +27
Aric Almirola +25
Austin Dillon +1

Tyler Reddick -1
Erik Jones -5
Daniel Suarez -18
Chris Buescher -36

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados