ColunistaDestaquesIndyPost

Callum Ilott é confirmado pela Juncos e vai disputar a temporada completa na Indy em 2022

Para a temporada 2022 da Indy Car, Callum Ilott segue para os Estados Unidos e vai guiar pela Juncos, participando de todas as etapas

Neste fim de semana quando a Indy Car vai disputar a sua última etapa em Long Beach, a equipe Juncos Hollinger Racing confirmou a participação de Callum Ilott para a temporada 2022. O vice-campeão da Fórmula 2 em 2020 ficou sem vaga na Fórmula 1 por mais uma temporada, portanto viu a Indy como uma oportunidade de seguir competindo.

O britânico que fez a sua estreia na Indy em Portland e guiou mais uma vez na etapa de Laguna Seca ganhou a oportunidade de permanecer com time em 2022. A equipe também optou por realizar uma temporada completa, atingindo o seu objetivo principal após passar por uma reestruturação.

Ilott vai guiar o carro #77, assim como fez durante as três provas que teve a oportunidade de guiar neste ano, durante a reta final da temporada da Indy 2021.

 “É ótimo anunciar que vou continuar no próximo ano com a Juncos para a temporada 2022 da Indy Car. Obviamente, tivemos uma grande curva de aprendizado aqui nas últimas corridas para tentar encaixar tudo. Tivemos alguns aspectos muito positivos e sabemos o que temos que trabalhar. Sabendo o que Ricardo Juncos e Brad Hollinger têm em mente para a próxima temporada e especialmente o que podemos fazer durante os testes de inverno, eu definitivamente sinto que podemos nos colocar em uma ótima posição para começar a temporada de 2022 com força”, disse Ilott.

Com uma temporada completa Ilott pode ter uma curva de aprendizado muito maior, mas foi bom para o piloto ter a oportunidade de guiar nestas três provas.

Neste ano Ilott teve a oportunidade de correr em três etapas – Foto: reprodução

“Estamos muito felizes em anunciar Callum em tempo integral para a temporada 2022. Sua maturidade, velocidade e comentários são surpreendentemente bons para alguém com 22 anos. Ficamos muito impressionados com seus comentários e com a condição física de Callum depois de Laguna. Depois de uma longa e dura corrida em Laguna Seca, saiu do carro sem sinais de cansaço. Considerando que esta foi uma corrida com bandeira verde completa, Callum provou estar em uma forma incrível. Sabemos que não somos o carro mais rápido na pista e temos muito desenvolvimento a fazer, mas Callum está se esforçando para tirar o máximo proveito do carro e mostrou grande velocidade”, disse Ricardo Juncos, dono na equipe.

“Durante as últimas semanas, Callum nos mostrou que ele é o piloto certo para nosso projeto de participar de forma integral no próximo ano, por isso estamos muito satisfeitos por ele estar se juntando ao nosso programa. Vamos desenvolvê-lo em todas as áreas e teremos tempo para testar e continuar nosso crescimento e evolução como equipe. Quero agradecer a Callum por se comprometer com nosso novo programa na Indy e estou ansioso para nosso esforço em tempo integral como uma equipe no próximo ano”, completou.

Sem vaga na Fórmula 1 para 2022, enfrentando concorrência por outros pilotos pelo assento na Alfa Romeo, seguir para a Indy se mostrou uma escolha muito acertada. Nyck de Vries, Guanyu Zhou e Antonio Giovinazzi esperam uma resposta sobre quem será companheiro de Valtteri Bottas em 2022.

A Indy deve se tornar um ‘berço’ para outros pilotos da Fórmula 1, assim como das categorias de base que levam os pilotos para a F1, pois existem poucas vagas e equipes que já estabeleceram contratos de longa duração para os próximos anos.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados