ColunistaFórmula 1Girls On TrackPost

Antonella Bassani e Julia Ayoub vão participar da final do programa FIA #GirlsOnTrack

As brasileiras conseguiram chegar à fase final e vão participar de atividades na Ferrari, em Maranello na próxima semana

As duas brasileiras que estão participando do programa FIA Girls on Track, conseguiram avançar para a última fase do programa, Antonella Bassani e Julia Ayoub vão realizar testes na Academia da Ferrari em Maranello na próxima semana.

As meninas estavam no Circuito de Paul Ricard na França, para testar os Fórmula 4 e aprender mais sobre o monoposto. Elas realizaram as atividades em uma configuração do circuito com 3,8 km e após um briefing sobre o modelo que foi utilizado para as atividade no circuito, elas foram para a pista. Arthur Leclerc que faz parte da Academia de Piloto Ferrari e corre na Fórmula 3 Regional, foi utilizado como referência na pista para as meninas e foi um dos jurados nesta fase.

Após cada sessão em pista, os dados de desempenho eram coletados e apurados, identificando onde era possível obter uma performance melhor durante a próxima sessão.

Foto: Reprodução FIA

Assim como comentado lá no #BPCast pelas meninas, existe um sistema de jurados que analisam cada etapa delas no programa e as atividades executadas. Stéphane Ortelli que tem várias marcas no kart e já venceu nas 24 Horas de Le Mans foi um dos jurados do FIA Girls on Track – Rising Stars: “Estar nesta posição de jurado é uma coisa brilhante, pois você pode trazer sua experiência de tantos anos no automobilismo, mas também pode sentir o que elas estão sentindo e essas garotas já estão nos mostrando muito potencial. Para mim, o importante aqui é a capacidade de dar chance a todos, e esse tipo de seleção é muito importante para o futuro das mulheres no motorsport”.

As meninas tiveram workshop, mas também receberam lições valiosas, como a importância da relação piloto e equipe, além do valor da comunicação e cooperação com o time.

Workshop – Foto: FIA Girls on Track

A Pirelli que tem uma trajetória de sucesso no automobilismo, aproveitou a oportunidade para conversar com as meninas sobre a importância do gerenciamento dos compostos e o papel que eles desempenham nas corridas, este workshop foi ministrado pelos engenheiros da Pirelli.

Neste programa, passaram 20 meninas que tiveram diversas aulas e aprenderam muito nestes dias de atividade em Paul Ricard. Agora quatro meninas vão avançar para a última fase dentro da Academia de Pilotos Ferrari, com o objetivo de ocupar uma vaga neste time e receber o contrato de um ano com a equipe mais tradicional do automobilismo para correr na Fórmula 4.

As quatro finalistas são:

Antonella Bassani – 14 anos – Brasil

Doriane Pin – 16 anos – França

Julia Ayoub – 15 anos – Brasil

Maya Weug – 16 anos – Holanda/Bélgica

“Esta foi outra avaliação incrivelmente difícil para as pilotos, alguns dos quais experimentaram a Fórmula 4 pela primeira vez; foi uma curva de aprendizado íngreme para eles”, comentou Michèle Mouton, presidente da Comissão de Mulheres no Automobilismo da FIA. “Vimos um nível muito alto de determinação e foco, e os resultados têm sido cheios de surpresas, desde pilotos de fora até pilotos de F4 mais experientes, todos com desempenho e progresso rápido.

“Gostaria de dar os parabéns a todos os pilotos por terem chegado a este ponto. Sei que elas levarão consigo muitos destes conhecimentos e conselhos para ajudá-las a desenvolver ainda mais suas carreiras. Para as quatro pilotos selecionadas que vão para o curso de treinamento da Ferrari Driver Academy, esta é a etapa final em direção a uma oportunidade que pode mudar sua vida em suas carreiras no automobilismo.”

Foto: reprodução FIA
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo