ColunistaFórmula 1Post

Alguns pontos sobre a permanência de Raikkonen e Giovinazzi na Alfa Romeo

A equipe italiana vai manter a dupla atual para a temporada de 2021, com o intuito de dar seguimento aos trabalhos já realizados pelo time

A Alfa Romeo optou por manter a dupla da temporada de 2021, desta forma Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi vão seguir realizando os seus trabalhos na equipe.

Kimi Raikkonen vai realizar a 19ª temporada

No início da temporada a permanência de Raikkonen era muito questionada, principalmente por conta da sua idade, o finlandês já tem 41 anos. Mas é inevitável, Raikkonen tem muita experiência e agrega muito ao time, foi exatamente com este discurso que o rumor da sua permanência passou a ocorrer nestas últimas semanas, já que parecia existir uma possibilidade de Mick Schumacher ocupar o assento na Alfa Romeo ao lado do finlandês.

“Não acho que foi difícil, mas não havia nada a confirmar antes de assinarmos o contrato”, disse Raikkonen. “Assinamos ontem, basicamente. Você sempre pergunta sobre o futuro, mas se não assinamos nada, eu não começaria a mentir de qualquer maneira.”

“Não creio que tenha havido dificuldade, são muitos os aspectos da equipe e o que quero fazer. Obviamente, existem outras coisas em nossas vidas que você precisa examinar, mas no final, fez sentido para o meu lado e obviamente, para o lado deles. Depois que começamos a falar sobre isso, não foi um processo tão longo, foi bastante direto no final.”

Kimi Raikkonen vai disputar a 19ª etapa e permanece com a Alfa Romeo – Foto Alfa Romeo

Olhando no grid atual, a Alfa Romeo ocupa a oitava posição no campeonato de construtores, a dupla somou cinco pontos. A temporada foi difícil para os dois já que estão lutando para conseguir encontrar um equilíbrio e melhorar a situação no grid.

“Espero fazer mais do que este ano. Como equipe, nenhum de nós está contente com a situação em que estamos, mas essa é a situação agora e o objetivo é melhorar, ser muito melhor, mas não há garantias nem nada. Só temos que fazer um trabalho melhor no geral e espero que no próximo ano estejamos um pouco mais felizes com as coisas e onde esperamos estar”, completou o finlandês.

Para dar continuidade aos trabalhos de desenvolvimento e a busca por um desempenho melhor a Alfa Romeo optou por ficar com os dois pilotos. Parece que a parceria e convivência da dupla está dando certo e realmente é um dos poucos times que pode se dar ao luxo de permanecer com a equipe da forma com que ela se encontra hoje.

A permanência de Antonio Giovinazzi

Antonio Giovinazzi vai permanecer na Alfa Romeo – Foto: Alfa Romeo

A vaga que Giovinazzi ocupa na Alfa Romeo está ligada diretamente com a Ferrari, os dois times têm um acordo, este assento é justamente para um dos jovens pilotos da sua Academia e o italiano veio por este caminho.

Giovinazzi foi vice-campeão da GP2 em 2016, quando disputou o título da categoria de base com Pierre Gasly. Desde então a Ferrari passou a dar outros passos na carreira de Giovinazzi, colocando-o para guiar em treinos livres e em testes da Pirelli, antes de ocupar a vaga na Alfa Romeo.

Como o piloto já sabia, o seu destino dependia do propósito da Ferrari, o time italiano acredita em seu desempenho. A Ferrari trabalha com Giovinazzi como o seu piloto reserva e em caso de algum dos seus pilotos regulares enfrentarem algum problema, Antonio que já tem experiência pode assumir a vaga.

E todo aquele papo de ter um piloto italiano no time, ainda é algo que conta, então todo este pacote garante a permanência dele no time. Fora os trabalhos e a exeriência que Giovinazzi tem com os modelos GTs e a Alfa Romeo está desenvolvendo um destes projetos.

E como fica Mick Schumacher e os outros pilotos da Academia Ferrari

Mick Schumacher quando realizaria testes para a Alfa Romeo – Foto: Alfa Romeo

Com este acordo a Ferrari pretende manter Robert Shwartzman por mais uma temporada na Fórmula 2, o russo começou bem no campeonato, mas teve uma queda ao longo da temporada. 

Já Mick Schumacher é o atual líder da F2 e deve conquistar este título ao disputar as duas rodadas no Bahrein. O alemão estava com um teste agendado para o primeiro treino livre em Nürburgring, mas por conta das condições climáticas, o piloto não conseguiu realizar a sua atividade.

Schumacher pode conseguir a vaga na Haas, mas existe Callum Ilott que é o segundo na tabela de pontos e se o alemão for vencido pelo inglês, esta vaga vai ser ainda mais disputada entre eles, pois teoricamente quem ganha o campeonato, tem preferência.

O outro assento da Haas não deve ser determinado por algum acordo com a Ferrari, e o time americano está mais inclinado as questões financeiras.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo